Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Posted on Jun 13, 2014 in Notícias

Idosos devem ter cuidado redobrado com a saúde dos olhos

img-incontinencia-em-idosoPerder a visão é uma das deficiências que mais incapacitantes do ser humano. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), no Brasil, estima-se que exista aproximadamente 4 milhões de pessoas com deficiência visual e cerca de 1,5 milhões de cegos. Os distúrbios oculares tendem a aumentar com o avanço da idade.

As taxas de cegueira em pessoas acima de 80 anos são de 15 a 30 vezes maiores do que entre as pessoas de 40 a 50 anos. De acordo com o Presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e consultor do Instituto Varilux da Visão, Dr. Marcus Sáfady, os idosos precisam ficar atentos. “Eles são os mais afetados por problemas visuais, pois suas estruturas oculares sofreram numerosos danos com o passar dos anos. Logo, é de suma importância a realização de exames oftalmológicos frequentemente”, afirma.

Sáfady alerta ainda para três patologias que podem levar à cegueira em pessoas acima dos 60 anos: a catarata, o glaucoma e a retinopatia diabética. “A catarata é a opacidade do cristalino. Com o tempo ele vai ficando menos transparente e a visão começa a ficar mais difícil. Este quadro pode piorar até que fique impossível enxergar sendo inevitável a cirurgia. Já o glaucoma provoca lesão no nervo ótico e pode levar à cegueira irreversível se não detectado a tempo. E a retinopatia diabética, que é mais comum em pessoas que têm o diabetes há mais de 20 anos, é caracterizada pela alteração dos vasos sanguíneos ocasionando má circulação na retina, que pode resultar em queda de visão gradual seguidos, muitas vezes, por queda de visão abrupta”, explica.

É importante que a disponibilidade de serviços especializados em atendimento aos idosos aumente na mesma proporção do crescimento desta população. “A assistência a este tipo de paciente requer hospitais especializados, além de equipes multidisciplinares, capazes de atendê-los e orientá-los de uma forma global. Uma vez assistidos e tratados em suas patologias, as consequências dos distúrbios oculares no idoso serão bem menores, evitando sua incapacitação e proporcionando uma melhor qualidade de vida”, conclui o oftalmologista.

Vista Cansada

Um outro distúrbio que ocorre, geralmente, a partir dos 40, 45 anos de idade é a Vista Cansada. Ela é caracterizada pela dificuldade em enxergar objetos que estejam próximos dos olhos. “A vista cansada ocorre por causa do enfraquecimento do músculo ciliar que faz a acomodação do cristalino – uma espécie de lente que temos dentro dos olhos e que permite uma visão nítida para perto, média e longa distância”, esclarece o médico, acrescentando que, o cristalino tem a função de focar para perto e para longe. “Quando somos jovens, esse músculo é elástico, mas com o passar do tempo, por volta dos 40, vai se tornando mais rígido e perde suas funções. Algo que faz parte do envelhecimento natural”, explica.

A solução nesse caso é a utilização de óculos com lentes multifocais que corrigem a visão para longe e para perto. Hoje existe no mercado lente multifocal com tecnologia de ponta capaz de oferecer ao usuário uma visão quase 100%, ou seja, bem próxima da visão natural e que acaba de vez com a deformação de imagens e o efeito de flutuação, ou seja, as incômodas “tonturas” causadas pelas lentes multifocais comuns.

Fonte: http://www.alagoas24horas.com.br

http://www.portaldaoftalmologia.com.br/site/site2010/index.php?option=com_content&view=article&id=1987:idosos-devem-ter-cuidado-redobrado-com-a-saude-dos-olhos&catid=41:noticias&Itemid=77